Feiras

Três vezes por ano abro as portas do meu atelier em Campo de Ourique, Lisboa, para apresentar as feiras temáticas. Gosto de partir de um tema e, peça a peça, chegar a um conjunto de objetos que materializam essa ideia inicial. Começo as pesquisas nos livros para depois passar ao terreno, ao contacto com artistas e artesãos e à encomenda das peças. Algumas são tradicionais e outras são peças novas desenvolvidas em colaboração. Agradam-me especialmente os diálogos que depois se estabelecem entre os vários objetos.